Você realmente sabe como funciona o 13º salário?
25/10/2016

Você realmente sabe como funciona o 13º salário?

O décimo terceiro está chegando, o tão aguardado dinheiro extra para fazer compras de natal, aquela viagem tão sonhada, ou qualquer outra coisa que você espera ansiosamente para realizar. Mas você realmente sabe como funciona o 13º salário? Pensando nisso nós preparamos esse material para te ajudar a entender tudo sobre a famosa gratificação de Natal!

Conhecido como Décimo Terceiro Salário, a gratificação de Natal foi instituída no Brasil pela Lei 4.090, de 13/07/1962, e garante que o trabalhador receba o correspondente a 1/12 (um doze avos) da remuneração por mês trabalhado. Ou seja, consiste no pagamento de um salário extra ao trabalhador no final de cada ano. Com a divisão do benefício em duas parcelas surgem várias dúvidas sobre prazos e valores, tanto dos empregados quanto dos empregadores, pois os descontos e os complexos cálculos de horas extras/comissões, de fato não são simples de entender.

A primeira parcela do 13º salário deve ser paga entre o mês de fevereiro e o último dia útil do mês de novembro de cada ano. Habitualmente o pagamento da primeira parcela acontece sempre no mês de Novembro (prazo limite para o pagamento), porém cabe ao empregado se for necessário solicitar a antecipação dessa parcela (podendo receber no mês de seu aniversário ou no mês que for gozar suas Férias). Já a segunda parcela deverá ser quitada obrigatoriamente no mês de Dezembro, não ultrapassando a data limite que é o dia 20 (Lembrando que como se trata de data limite, quando o dia 20 de Dezembro for Sábado; Domingo ou Feriado o pagamento será antecipado.

NO TOTAL, O EMPREGADO RECEBE UM SALÁRIO LÍQUIDO A MAIS COMO BENEFÍCIO (CASO TENHA TRABALHADO O ANO TODO NA EMPRESA), MAS AS PARCELAS NÃO SÃO REPARTIDAS IGUALMENTE.

A primeira parcela, mais conhecida como adiantamento, corresponde à metade de sua remuneração/salário Atual e não sofre descontos (Isso para os funcionários que recebem salário fixo sem variáveis, para os demais empregados com variáveis de Hora Extra/Comissão/Gratificação o cálculo deverá ser de acordo com o que orienta a Convenção Coletiva do Sindicato representante da Classe).
Se você pediu para que o adiantamento fosse antecipado, por exemplo no mês de Agosto, a primeira parcela de 13º paga será equivalente ao seu salário em Agosto ou uma média aferida das variáveis de acordo com determinado pelo sindicato.
Já a segunda parcela que é paga sempre no mês de dezembro tem a mesma forma de cálculo do Adiantamento da primeira parcela. Porém sofre os descontos do valor já pago referente a primeira parcela, e as incidências de INSS e Imposto de Renda (IR).

Se seu funcionário foi contratado no decorrer do ano, o pagamento é de acordo com a quantidade de meses trabalhados. Só recebe o benefício cheio quem trabalha na empresa desde janeiro ou antes, sendo que em janeiro é preciso ter trabalhado ao menos 15 dias. Para efetuar o pagamento do Adiantamento da primeira parcela, consideramos o mês de sua admissão até o mês de novembro (desde que tenha trabalhado ao menos 15 dias em todos os meses). Por exemplo, o funcionário admitido no inicio do mês de Junho, iremos considerar 6 meses trabalhados (Junho a Novembro).

Outro ponto importante a ser considerado é sobre o funcionário afastado pelo INSS, por motivo de doença ou acidente de Trabalho. Nesses casos a empresa irá pagar o 13° salário para esse funcionário considerando os meses já trabalhados até o final dos primeiros 15 dias de atestado (15 dias esses que são obrigatórios que a empresa assuma sobre o Atestado Médico), o restante do beneficio é pago pelo INSS juntamente com o pagamento do afastamento. Sobre a Licença Maternidade (120 dias de afastamento), a empresa irá arcar com o 13° salário desse período e deduzir o valor integral na Guia da Previdência Social (GPS).


Para fazer o cálculo do 13º proporcional:


1° Passo - Verificar se o Funcionário tem eventos variáveis (Comissão, Hora Extra, Gratificação). Se sim, observar qual é a determinação do sindicato para fazer à média (Normalmente o sindicato determina média dos últimos 06 meses);

 
2° Passo - Fazer a média citada acima e somar ao salário fixo do empregado, o somatório desses valores será considerado como BASE DE CÁLCULO PARA O 13° SALÁRIO;


3° Passo - Divida a Base de Cálculo encontrada no tópico anterior por 12 (totais de meses do ano);


4° Passo - Multiplique o resultado pelo número de meses em que trabalhou durante o ano até o mês de Novembro (o cálculo é sempre feito até novembro);


5° Passo - Após multiplicar pela quantidade de meses trabalhados, terá que dividir por 2. A primeira parcela será equivalente à metade do valor encontrado, sem descontos;


6° Passo - Para chegar à segunda parcela, refaça a BASE DE CÁLCULO (Considerando novamente a média do sindicato) divida esse valor por 12 e multiplique o resultado pelo número meses trabalhados até Dezembro. Em seguida, basta subtrair do resultado o adiantamento e os descontos do INSS e do IR.

Como proceder com os descontos de INSS e IR?

O desconto do INSS pode ser de 8%, 9% ou 11%, de acordo com a faixa salarial. Já o IR é descontado sobre o valor bruto do 13° salário, descontados: o INSS, a contribuição para previdência privada (como o fundo de pensão da empresa) e eventuais descontos de dependentes e pensão alimentícia. Após isso devemos observar a Tabela de IR e ver em qual alíquota iremos usar para descobrir o valor do desconto.

Outra observação importante é que após o fechamento da Folha de Pagamento do mês de Dezembro, devemos refazer a média da BASE DE CÁLCULO determinada pelo sindicato utilizando as variáveis pagas em Dezembro, essa conta é refeita apenas para incluir no pagamento da segunda parcela variáveis feitas em dezembro. Caso a base de Cálculo fique maior que a paga na segunda parcela, deve ser pago como DIFERENÇA DE DÉCIMO TERCEIRO no salário de Dezembro ou Janeiro.

Ainda ficou com alguma dúvida sobre esse tema? Entre em contato conosco!!!

Rua C-209, nº 380 Qd.526 Lt.01 Jardim América - Goiânia/GO CEP: 74270-220

Informações de contato

62 3945-5298 /62 3945-7298
62 3251-5298 /62 99253-2619 (Claro)
Rua C-209, nº 380 Qd.526 Lt.01 Jardim América - Goiânia/GO CEP: 74270-220

Envie-nos uma mensagem

Loading